Violista para

Casamento

A viola erudita faz parte do naipe das cordas de uma orquestra, assim como o violinos, o violoncelo e o contrabaixo. Não confundir aqui, com a viola caipira. A viola erudita é muito parecida com um violino e são aos olhos leigos frequentemente confundidos.

Porém a viola é um pouco maior e de sonoridade mais grave. No naipe das cordas, é o instrumento intermediário entre o violino e o violoncelo. Se você for ver, violino, viola, violoncelo e contrabaixo, são quase o mesmo instrumento!

Só que com tamanhos, regiões de alcance (graves ou agudos) e formas diferentes de se apoiar no corpo (violino e viola apoiados no pescoço, cello entre as pernas e contrabaixo em pé) mas todos tocados com um arco cujos fios são em sua maioria, crina de cavalo!

Violista para Casamento 1
Violista para Casamento 1

A viola erudita faz parte do naipe das cordas de uma orquestra, assim como o violinos, o violoncelo e o contrabaixo. Não confundir aqui, com a viola caipira. A viola erudita é muito parecida com um violino e são aos olhos leigos frequentemente confundidos.

Porém a viola é um pouco maior e de sonoridade mais grave. No naipe das cordas, é o instrumento intermediário entre o violino e o violoncelo. Se você for ver, violino, viola, violoncelo e contrabaixo, são quase o mesmo instrumento!

Só que com tamanhos, regiões de alcance (graves ou agudos) e formas diferentes de se apoiar no corpo (violino e viola apoiados no pescoço, cello entre as pernas e contrabaixo em pé) mas todos tocados com um arco cujos fios são em sua maioria, crina de cavalo!

Os instrumentos de cordas são extremamente expressivos, pois além de seu timbre brilhante, possuem um grande poder de dinâmica (gradação de sons delicados até bem fortes), gerando um resultado muito emocionante. São mestres em arrancar lágrimas quando executam temas carregados de lirismo! 

Às vezes as cordas aparecem fora do contexto de uma grande orquestra, em pequenas formações de câmara (câmara nada mais é do que uma pequena sala, e se entende por formações de câmara aquelas grupos reduzidos de orquestra, geralmente entre 3 e 8 músicos, que eram próprios para pequenos espaços e não grandes salas de concerto).

A formação de câmara mais comum de todas é o Quarteto de cordas, muito comum no fim do séc. XVII e todo séc. XVIII, composta por 2 violinos, viola e violoncelo. Muitos compositores escreveram para esta instrumentação e ela se difundiu mundo afora. Mas nem só de música clássica e salas de concerto vivem as violas.

É muito comum nos dias de hoje encontrarmos nos casamentos, jantares ou recepções, violinos tocando Coldplay, Elton John, Ed Sheeran, temas da MPB, rock e muitos outros gêneros fora da seara erudita. 

Como funciona o Violista para Casamento?

A viola é, por excelência, o instrumento dos casamentos! Vamos encontrá-la, antes de mais nada, na orquestra da cerimônia ou nos quartetos de cordas! As cordas de um modo geral funcionam muito bem em ‘dobras’, ou seja, mais de uma viola tocando a mesma partitura. Por isso vamos encontrar com frequência orquestras com mais de uma viola. 

Qual o papel do nosso Violista?

Existem 3 coisas extremamente importantes na hora de pensar na viola do seu casamento: primeiro, a qualidade dos músicos. Tocar em orquestra exige experiência, excelente leitura de partitura e grande musicalidade pois cada músico é ali, uma peça que compõe o todo.

E, modéstia à parte, um dos maiores patrimônios da Ornamentus é o elenco de excelência que foi formando ao longo de seus 14 anos de existência. Grandes violistas das grandes orquestras do Rio, com atuação em diversos grupos de câmara de renome compõem nosso elenco de músicos. Outro ponto importantíssimo: conhecimento dos instrumentos e das diversas combinações possíveis para potencializar a sonoridade da viola.

Outro ponto fundamental é a adaptação dos arranjos para a formação orquestral escolhida. Não é uma escrita fácil. Escrever para orquestra exige conhecimento e experiência na área de arranjo, harmonia e contraponto. E essa é uma das especialidades da Ornamentus! A ornamentus é gerida por músicos arranjadores com formação universitária que são realmente capazes de transformam sua demanda em realidade musical.

Seja na interpretação de um clássico de Beethoven, seja escrevendo arranjo para uma música diferente (Coldplay, Ed Sheeran, Metallica, etc), a Ornamentus é plenamente capaz de realizar suas ideias na prática!

Não somos apenas um grupo de músicos, mas uma produtora preparada para fazer a produção musical do seu evento, que inclui assessoria na escolha dos instrumentos, confecção dos arranjos, arregimentação dos músicos e muitos outros itens relacionados com a execução no dia (sonorização, regência, produção executiva, etc).

Ligue agora para o número destacado em nosso site, e tire todas as suas dúvidas. Nossa equipe está de prontidão para atendê-lo!

Depoimentos de Clientes

Entre em

contato

Caso você tenha alguma dúvida ou deseje agendar uma reunião conosco, estamos a disposição para recebê-lo em nosso escritório, basta preencher o formulário que te retornaremos:

WhatsApp Chat
Enviar pelo Whatsapp