Pianista para

Casamento

O piano é considerado por muitos o instrumento mais completo que existe. O pianista tem diante dele notas que vão do grave da tuba até as notas mais agudas de um flautim. Temos ali à disposição, teclas que dão cabo da extensão de todos os instrumentos de uma orquestra sinfônica!

É muito comum inclusive a ‘redução para piano’ das peças de concerto. Essas reduções não revelam os coloridos característicos de cada naipe, mas explicitam toda a arquitetura formal e harmônica da música e permite que tenhamos no piano o movimento melódico de toda a orquestra!

Por conta deste virtuoso poder de síntese, foi e é até hoje o mais comum instrumento dos compositores eruditos e arranjadores, que antes de explodir suas ideias para os timbres da orquestra, tramam tudo ali embaixo dos dedos.

Pianista para Casamento 1
Pianista para Casamento 1

O piano é considerado por muitos o instrumento mais completo que existe. O pianista tem diante dele notas que vão do grave da tuba até as notas mais agudas de um flautim. Temos ali à disposição, teclas que dão cabo da extensão de todos os instrumentos de uma orquestra sinfônica!

É muito comum inclusive a ‘redução para piano’ das peças de concerto. Essas reduções não revelam os coloridos característicos de cada naipe, mas explicitam toda a arquitetura formal e harmônica da música e permite que tenhamos no piano o movimento melódico de toda a orquestra!

Por conta deste virtuoso poder de síntese, foi e é até hoje o mais comum instrumento dos compositores eruditos e arranjadores, que antes de explodir suas ideias para os timbres da orquestra, tramam tudo ali embaixo dos dedos.

A grande diferença que o piano trouxe de seus antecessores clavicêmbalo e cravo, foi a possibilidade de tocar bem fraquinho ou forte e o instrumento responder a esse comando. Essa dinâmica foi um avanço pois o cravo e o clavicêmbalo na prática funcionavam igual àqueles tecladinhos vagabundos, que tem um limiar a partir do qual sai som e não importa se você vai chegar nesse limiar devagarinho ou esmurrando a tecla, o volume será o mesmo!

O piano trouxe radicalmente mais expressividade pois nele podemos fazer as dinâmicas na pressão com que tocamos as teclas… Por isso, o nome dele era pianoforte. Só depois com os anos de intimidade, começamos a chamá-lo de piano.

Mas nem só de sala de concerto e música clássica vivem os pianos! Se existe um instrumento total flex, aí está ele. É muito raro na música ocidental, pensarmos um estilo que não se valha do piano: jazz, bossa nova, tango, pop, rock, blues… Seja na sua sonoridade acústica ou nas manipulações dos timbres propiciadas pelos teclados e pianos elétricos, sua presença é quase uma unanimidade nos quatro cantos da terra.

Como funciona um Pianista para Casamento?

Na realidade dos casamentos, vamos encontrar o piano em diversos momentos: o primeiro deles, é lá na orquestra da cerimônia! É muito comum termos piano ou teclado somado às cordas e madeiras (piano, flauta, 2 violinos e violoncelo, por exemplo). A segunda possibilidade é termos um pianista fazendo a recepção dos convidados na entrada do salão. Em hotéis que tem um piano disponível, por exemplo, isso é bastante comum.

Outra possibilidade é termos o piano integrando a banda do coquetel lá na festa depois da cerimônia. É muito comum neste início de festa uma formação de jazz tocando até a entrada dos noivos no salão. E piano (ou teclado) é, muito bem vindo nesse momento também.

Importante: sempre conferir se o piano que será usado está afinado (pede para o responsável pela música do seu casamento conferir isso!) Em locais onde o piano é tocado por muita gente, ou mesmo quando é pouco usado, quando o piano é transportado de um cômodo a outro ou mudanças de temperatura.

Tudo isso interfere na afinação, e ao contrário dos outros instrumentos onde o próprio instrumentista afina antes de tocar, o piano é afinado por um profissional específico que leva suas ferramentas específicas e demora à vezes algumas horas para concluir o serviço. Ou seja, não é algo que “lá na hora a gente vê” como se diz na gambiarra preguiçosa.

Qual o papel do nosso Pianista?

Existem 3 coisas extremamente importantes na hora de pensar nos músicos do seu casamento: primeiro, a qualidade. Tocar em orquestra exige experiência, excelente leitura de partitura e grande musicalidade pois cada músico é ali, uma peça que compõe o todo. E, modéstia à parte, um dos maiores patrimônios da Ornamentus é o elenco de excelência que foi formando ao longo de seus 14 anos de existência.

Grandes pianistas das grandes orquestras do Rio e também pianistas de grande prestígio nos círculos do jazz, bossa e MPB compõem nosso elenco de músicos. Outro ponto importante: conhecimento de outros instrumentos e das diversas combinações possíveis para potencializar a presença do piano, pensando sua presença nos vários tipos de grupos que atua. A Ornamentus é gerida por músicos arranjadores com formação universitária que são realmente capazes de transformar sua demanda em realidade musical.

Seja na interpretação de um clássico, seja escrevendo arranjo para uma música diferente (Coldplay, Ed Sheeran, Metallica, etc), a Ornamentus é plenamente capaz de realizar suas ideias na prática! Não somos apenas um grupo de músicos, mas uma produtora preparada para fazer a produção musical do seu evento, que inclui assessoria na escolha dos instrumentos, confecção dos arranjos, arregimentação dos músicos e muitos outros itens relacionados à execução no dia (sonorização, regência, produção executiva, etc).

Temos inclusive uma excelente parceria para aluguel e afinação de pianos!

Ligue agora para o número destacado em nosso site, e tire todas as suas dúvidas. Nossa equipe está de prontidão para atendê-lo!

Depoimentos de Clientes

Entre em

contato

Caso você tenha alguma dúvida ou deseje agendar uma reunião conosco, estamos a disposição para recebê-lo em nosso escritório, basta preencher o formulário que te retornaremos:

WhatsApp Chat
Enviar pelo Whatsapp