Banda para

Eventos

O que é Banda para Eventos?

O termo ‘banda’ é bem vasto. Dito assim, genericamente, pode ser qualquer pequeno grupo de música popular. Mas, imediatamente após o genérico ‘banda’, vem sempre um estilo ou uma função: banda de rock, banda de jazz, banda pra dançar, e inúmeras outras!

É claro que as instrumentações variam dependendo do estilo, sempre adaptando os instrumentos para o tipo de clima ou efeito que querem causar: na banda de rock, por exemplo, a ideia é levantar aquela emoção eufórica, rasgada, associada com a transposição de regras e limites… então tem que ter guitarra distorcida, baixo elétrico, bateria pesada.

Já na banda de jazz, sai a guitarra distorcida e entra o sax, a bateria deixa as baquetas pesadas de lado e vai na vassourinha, guitarra distorcida vira semi-acústica… tudo para criar um clima mais cool, chique, romântico e sofisticado – como a gente costuma brincar, um climaço pra se rodar o dedo no Whisky.

Banda para Eventos 1
Banda para Eventos 1

O que é Banda para Eventos?

O termo ‘banda’ é bem vasto. Dito assim, genericamente, pode ser qualquer pequeno grupo de música popular. Mas, imediatamente após o genérico ‘banda’, vem sempre um estilo ou uma função: banda de rock, banda de jazz, banda pra dançar, e inúmeras outras!

É claro que as instrumentações variam dependendo do estilo, sempre adaptando os instrumentos para o tipo de clima ou efeito que querem causar: na banda de rock, por exemplo, a ideia é levantar aquela emoção eufórica, rasgada, associada com a transposição de regras e limites… então tem que ter guitarra distorcida, baixo elétrico, bateria pesada.

Já na banda de jazz, sai a guitarra distorcida e entra o sax, a bateria deixa as baquetas pesadas de lado e vai na vassourinha, guitarra distorcida vira semi-acústica… tudo para criar um clima mais cool, chique, romântico e sofisticado – como a gente costuma brincar, um climaço pra se rodar o dedo no Whisky.

Mas, ainda que as variações entre as bandas e suas instrumentações sejam inúmeras, tem uma coisa importante que une todas elas: o fato de estarem ligadas ao universo da música popular.

E neste ponto fazem oposição às formações de orquestra, que foram criadas e desenvolvidas no rastro da chamada música clássica, ou música de concerto, com seus violinos, violoncelos, oboés, etc.

Dito assim essa distinção pode parecer óbvia, mas nossa experiência mostra que ela muitas vezes não é nada clara na realidade do eventos: é muito comum se referirem à orquestra da cerimônia como ‘banda da cerimônia’ ou o oposto: perguntarem “quantas cadeiras vocês vão precisar para a orquestra?” quando na verdade estavam se referindo à banda de jazz que ia tocar no coquetel.

Em pedidos de orçamento então, essa mistura acontece o tempo todo!

Como funcionam as Bandas para Eventos?

De um modo geral, as demandas de um evento, ou são para uma ‘banda de coquetel’, que faz a música de fundo de todo o início da festa, ou bandas de pista que entram mais tarde e vão fazer ao vivo o que o DJ geralmente faz: botar todo mundo pra dançar!

São objetivos completamente diferentes, timings diferentes e vão exigir instrumentações e repertórios completamente diferentes também. Nas bandas de coquetel é muito comum tocarmos bossa nova, jazz ou pop tocado no estilo lounge (é a tal música para rodar o dedo no whisky).

A instrumentação privilegia contrabaixo acústico, sax, piano, etc. Já nas bandas de pista, é fundamental os cantores de frente botando as pessoas para dançar, um grave reforçado que reverbere no corpo e pressão sonora no talo.

O repertório de pista varia: às vezes é anos 80, disco, dance, pista brazuca com Tim Maia, Lulu Santos, axé. Mas, temos na intersecção entre este universo mais jazzy ou dançante, um meio-termo que vale comentar: as big-bands.

Eram muito comuns nos anos 30 e 40 e hoje são menos usadas porque são muito grandes, exigindo grandes espaços e orçamentos. Com uma instrumentação de jazz, deixavam essa suavidade cool um puco de lado, incrementavam o naipe dos metais, botavam bons crooners de frente, às vezes pegavam emprestado das orquestras o naipe da cordas (violinos, principalmente) e levantavam o baile!

Quem nunca dançou ao som de Frank Sinatra e suas excepcionais Big-Bands? Elas são capazes de fazer algo extremamente dançante sem sair da sonoridade sofisticada do jazz.

Enfim, para terminar este pequeno apanhado de algumas possibilidades de ‘banda para eventos’, existem ainda aqueles grupos regionalistas como roda de sambatrio de forró ou regional de choro, que não costumamos chamar de banda mas não deixam de ser.

São muito comuns em eventos corporativos quando os convidados são estrangeiros e se pretende dar uma amostra das sonoridades próprias da nossa cultura.

Qual o papel da nossa Banda para Eventos?

A Ornamentus não é um grupo, mas uma produtora gerida por músicos formados em arranjo e regência. E tem como um de seus maiores patrimônios um elenco vasto de músicos tanto da seara erudita (músicos do Theatro Municipal, OSB) como da área popular.

Pianistas, saxofonistas e cantores com carreiras consolidadas e que acompanharam e acompanham grandes artistas do jazz e MPB.  Isso nos coloca, quando o assunto é ‘banda para eventos’, no ‘centro do asterisco’, como costumamos dizer. Isso quer dizer que podemos montar de uma big-band a uma banda de rock, ou um regional de choro, um trio de jazz, uma grande orquestra ou um quarteto de cordas com a mesma desenvoltura.

Sabemos organizar musicalmente e sabemos onde estão os músicos ideais para cada assunto. Soma-se a isso uma estrutura de produção e equipamentos top de sonorização, escritório próprio para atendimento e know-how de 14 anos atendendo as demandas mais específicas na área de eventos, concluo que a Ornamentus entra nessa história te ajudando antes de mais nada a nomear sua demanda (que muitas vezes não passa de uma vontade mal formulada de se causar certo efeito) e estruturar sua programação.

Depois segue na fase de estruturação musical de arranjos e partituras nos moldes da demanda e, por fim, cuida de todos os aspectos da realização artística ao vivo no dia do evento. Buscando a mais absoluta clareza e eficiência em cada uma destas fases. Deixando claro sempre o que é possível de ser feito, os custos de realização envolvidos e diagnósticos de possibilidades alternativas, quando for o caso.

Ligue agora para o número destacado em nosso site, e tire todas as suas dúvidas. Nossa equipe está de prontidão para atendê-lo!

Depoimentos de Clientes

Confira outros Serviços

Orquestra

Roda de Samba

Coral

Grupo de Choro

Trio de Forro

Entre em

contato

Caso você tenha alguma dúvida ou deseje agendar uma reunião conosco, estamos a disposição para recebê-lo em nosso escritório, basta preencher o formulário que te retornaremos:

WhatsApp Chat
Enviar pelo Whatsapp